Em entrevista à CNT José Serra faz críticas à ImprenÇa e diz que apresentadores repetem argumentos petistas, depois da entrevista sua campanha confisca a fita das gravações…

Seria uma entrevista como qualquer outra. Ou melhor, seria uma entrevista que passaria quase em branco. Qual a importância da rede televisa CNT para o Brasil? Responda rápido, qual o canal da CNT em sua cidade?

Fato é que a entrevista tornou-se notícia porque o candidato tucano não soube fazer o que Maluf está cansado de fazer, fugir de perguntas cujas respostas não o favorecem…

serra03

Num áudio que dava dó até mesmo aos cineastas brasileiros da década 40 e um cenário digno de peças infantis com sérias restrições orçamentárias, à parte isso as perguntas foram muito bem feitas, duras como sempre, mas sem o alívio que Serra teve no Jornal Nacional.

Você pode assistir o 1º bloco {{o bloco mais ríspido}} no link abaixo{{e no youtube você segue até a parte 6, se quiser}}:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=gOjrtOiBpIk?fs=1]

O fato mais grave, no entanto, foi outro:

favre{{não acredite em mim}}

A própria Folha de São Paulo, outra vítima do twitter, noticiou o fato:

Depois de editado, o material bruto, com imagens e áudio da discussão, foi entregue à assessoria de Serra, a pedido da campanha.
O objetivo, segundo a assessoria da emissora, era evitar vazamento do material. A assessoria de Serra afirma que levou a fita para fazer a transcrição da entrevista e que imaginou que a emissora tinha ficado com uma cópia.

{{não acredite em mim – só para assinantes}}

As perguntas que irritaram Serra foram as de sempre a respeito do motivo que o levou a esperar até agora para reclamar do sigilo se ele sabia desde novembro de 2009 e se ele não estava aproveitando-se politicamente do caso.

Fosse um pouquinho mais esperto {{e menos mal-humorado}} o tucano não precisaria ficar bravo, era apenas responder da forma que achasse melhor e você, que me lê neste momento, nem saberia da entrevista.

É estranho que um candidato que a todo momento afirma que sua adversária propõe censura à imprenÇa fique com o material bruto da entrevista, retirando da emissora a possibilidade {{remota}} de mostrar a discussão que houve no intervalo. Talvez seja a falta de experiência ao tratar com gente um pouquinho independente e, por isso mesmo, sem importância no cenário nacional.

Atualização:

O áudio você ouve aqui:


{{Link original aqui}}