Agora vai?!

Fielzão: Corinthians e MP chegam a acordo e clube desembolsará R$ 12 milhões

Prefeitura define liberação do Termo de Ajustamento de Conduta, e clube vence principal obstáculo para início das obras

Estadio de Itaquera do Corinthians - FielzãoCom o TAC, intenção é iniciar as obras do Fielzão em maio (Foto: Divulgação)
LANCEPRESS!
Publicada em 29/04/2011 às11:25
São Paulo (SP)
O Corinthians chegou a um acordo com o Ministério Público e, agora, já tem a definição do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para a liberação do terreno em Itaquera, para o futuro estádio do clube. De acordo com a reportagem do jornal “O Estado de São Paulo”, com o acerto, o Timão desembolsará R$ 12 milhões em investimentos sociais, como compensação.
Com a definição, o principal obstáculo para o início das obras do estádio corintiano – que representará São Paulo durante a Copa do Mundo, em 2014 – já está superado.
– Recebi informações muito boas por parte do secretário (da Prefeitura para assuntos da Copa, Gilmar Tadeu Ribeiro). As contrapartidas serão importante para a cidade. Está tudo bem encaminhado – afirmou o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, ao jornal.
A iniciativa foi necessária neste momento por conta da ação movida pelo Ministério Público ao clube, em 1988. Na época, o terreno foi cedido ao Corinthians, que prometeu construir um estádio em, no máximo, cinco anos. Agora, com a liberação do TAC, a Odebrecht, construtora responsável pelas obras do estádio, deve iniciar o procedimento em maio.
{{não acredite em mim – Lancenet!}}